Bem-vindo: Dom Fev 25, 2018 6:32 am




Criar novo tópico Responder  [ 17 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2
Qual o Futuro da Música 
Autor Mensagem

Registrado em: Dom Ago 28, 2005 10:01 pm
Mensagens: 4051
Localização: Trubuçu do Alto da Serra
Medals: 1
Positivo (1)
Mensagem Re: Qual o Futuro da Música
domene escreveu:
Porque só colocar online de graça eu não vejo como pode dar certo, a não ser para alavancar shows.


O Rush eu duvido que postem de graça, e vão vender muito nos iTunes do mundo. É até uma pena pq é uma banda que sempre primou pela parte gráfica dos álbums, e isso vai ficar no passado.


domene escreveu:
Mas tem toda a estrutura que não ganha com show que fica sem remuneração (compositores, arranjadores, produtores, etc).


É por isso que as gravadoras estão tomando o lugar dos empresários:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u335011.shtml

Citação:
A multinacional Sony BMG mudou sua razão social para Day1 Entertainment. O objetivo? Deixar de ser apenas gravadora para tornar-se "gerenciadora da carreira de artistas".

Além de lançar o disco de Cañas, no início de novembro, a Day1 cuidará de toda a carreira da cantora: agendamento de shows, negociação de patrocínios, venda de merchandising... Em outras palavras: a gravadora virou empresária da artista.

"É um contrato direto, não tem intermediário. Se preciso de qualquer coisa, falo diretamente com eles", contou Cañas, que protagonizou uma bem-sucedida temporada no Baretto, em São Paulo.

"Eles vão ter uma porcentagem [sobre a renda de shows], mas isso seria lógico, pois eles divulgam meu trabalho, meus shows."

Para nomes novos, esse tipo de contrato, "direto", sem a intermediação de empresários, está virando norma; a gravadora terá participação não apenas na venda de discos, mas em outros negócios desses artistas.

Mesmo artistas experientes estão sendo seduzidos por essa nova estratégia das gravadoras. Maria Rita, por exemplo, deixou a produtora Macuco para ser agenciada pela Warner, que lançou há pouco "Samba Meu", o terceiro álbum da cantora.



A reportagem é de 2007. Vale ler, é um festival de caneladas com as figurinhas carimbadas do mercadão brasileiro.

_________________
It's a lot easier to swap tubes in an amp than practice an hour a day. It's not that people won't believe you, it's that they don't want to.


Ter Jan 19, 2010 10:19 pm
Perfil

Registrado em: Seg Ago 15, 2005 8:13 am
Mensagens: 3567
Localização: São Paulo
Medals: 1
Positivo (1)
Mensagem Re: Qual o Futuro da Música
Acabei de conversar com um amigão meu que faz backing para uma dupla sertaneja grande, e que conhece muito bem o que anda rolando nesse meio.

Ele fazia muita gravação. Muitas vezes saia de um estúdio e ia correndo pro outro no mesmo dia. Já gravei jingle com ele encaixado no meio entre a 2a e a 3a sessão de gravação do dia (tudo artísta grande, pagando tabela, etc).

Hoje esse cenário mudou muito, porque não tem gravadora bancando mais. São pouquissimos os artístas que tem contrato com gravadora. Ele me contou que a Trama já teve mais de 100 artistas no casting, mas hoje só ficou com 6.

Jaba continua, mas agora não é mais a gravadora quem banca. Os artistas estão bancando o jaba, não mais pra fazer o disco vender, mas para vender show. Tem muito empresário que coloca o dinheiro na frente pra fazer um artista acontecer e depois ganhar nos shows.

Muita gente gravando direto DVD, sem passar pelo CD antes. O primeiro trabalho já é direto DVD, e nem sequer vende o DVD, mas dá de graça. Tudo isso apra acontecer, pra aparecer na midia e ai sim, ganhar nos shows.

Ele me contou de uma dupla (ruim, ou pior do que a maioria) que gravou um DVD ruim. Custo do DVD: menos de 10k. 3 cameras, som ruim, cantando ruim, etc. O empresário bancou matéria de capa de uma revista especializada nesse meio sertanejo, e distribuiu 80 mill cópias do DVD na revista. Resultado: estão vendendo shows a 50k a torto e a direito.

Cara que era ajudante de estúdio pequeno, dormia no chão do estúdio, viu uma dupla tocando num buteco, achou interessante, perguntou se os caras tinha material (não tinham), se ofereceu pra empresariar os caras. Chamou um amigo que tinha uma camera, arrumou um outro boteco de graça, fez um DVD com só os 2 caras cantando e uma única camera (imagina o lixo) e saiu distribuindo nas rádios (pequenas, do interior, comunitárias, etc). Resultado: a dupla está estourada em Minas, e o zé rapado que fez a coisa acontecer hoje anda de Porsche.

Histórias reais de quem vive esse universo todo dia.

Então tem muita grana ainda rolando no meio artistico, só que não passa mais pelo disco.

Outra dupla que gravou CD independente, mandou prensar 200mil cópias, mas não vendeu nenhuma. Dá durante o show, jogando pra platéia. O disco não é mais nem merchandise, virou só meio de divulgar, pra ganharem em show.

_________________
Facebook http://www.facebook.com/domene
Estúdio Next http://www.estudionext.com.br
Reverbnation http://www.reverbnation.com/domene


Ter Jan 19, 2010 11:37 pm
Perfil
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 17 mensagens ]  Ir para página Anterior  1, 2


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB © phpBB Group.
Designed by Vjacheslav Trushkin for Free Forums/DivisionCore.
Traduzido por: Suporte phpBB