Bem-vindo: Sáb Jan 20, 2018 6:02 pm




Criar novo tópico Responder  [ 6 mensagens ] 
Estudo de música pela música 
Autor Mensagem

Registrado em: Sex Jul 27, 2012 6:23 pm
Mensagens: 432
Mensagem Estudo de música pela música
Estou focado na clássica "The Thrill is Gone" ultimamente e sou quase totalmente novato em teoria. Sei uma coisa ou outra. Quero focar meu estudo em músicas porque métodos já me encheram os pacovás. Vou começar pelo blues mais simples e ir "subindo de nível" no meu tempo.

Sei que a canção é em Bm e I IV V (Bm7, Em7, F#m7). Correto?
Utilizo a pentatônica de Bm pra tocar em cima dela, mas acaba me cansando.
Se eu entendi bem, eu posso utilizar a relativa maior de Bm pra solar e no caso seria a segunda nota (3m) da pentatônica de Bm (B D E F# A).
Então eu posso utilizar pentatônica maior em Ré e a menor em Si menor.
Seria isso?

Me corrijam no que estiver errado e puxem a orelha. Assim que assimilar na cabeça e nos dedos essa informação quero explorar acordes alternativos e inversões pra dar uma vibe mais jazzy na música.

Vou utilizar esse tópico pra ir tirando dúvidas conforme ir avançando nessa música e partindo pras próximas. Acho que funcionarei melhor dessa maneira. Aprendendo e aplicando ao mesmo tempo.


Editado pela última vez por Cristhyano em Ter Mar 26, 2013 1:17 pm, em um total de 1 vez.

Ter Mar 26, 2013 8:36 am
Perfil

Registrado em: Dom Ago 28, 2005 11:57 am
Mensagens: 550
Localização: Niterói/RJ
Medals: 2
Positivo (2)
Mensagem Re: Estudo de música pela música
Teu racionício sobre a penta maior de Ré numa base de Bm tá certo.
E pra este estudo de blues sobre acordes "alternativos" e abordagens além da tradicional pentatônica, encontrei bons vídeos do Robben Ford e do Scott Henderson (só não consigo mandar os links agora porque estou sem acesso ao Youtube). Mas é fácil de encontrar.


Ter Mar 26, 2013 9:05 am
Perfil

Registrado em: Qua Jun 22, 2011 3:11 pm
Mensagens: 411
Localização: Porto Alegre/RS
Medals: 3
Positivo (3)
Mensagem Re: Estudo de música pela música
Partindo do princípio que a escala maior natural é igual à sua relativa menor e vice-versa, dá pra pensar assim sim (só não entendi o Si Bemol que você referiu na sexta linha do texto, acho que você quis dizer Si menor?).

Só cuida que na progressão I IV V em B menor, o Fá é sustenido, não normal (Você colocou na progressão o normal, logo abaixo colocou certo, quando descreveu a penta, colocando como sustenido).

Quando tocar C maior, pode pensar como A menor (e vice-versa)

Quanto tocar D maior, pode pensar B menor (e vice-versa)

E por aí vai...

Só tem de cuidar a nota inicial e final de cada lick sobre cada acorde (Por exemplo, no acorde IV, determinada nota da escala não "cai bem" - digamos assim - pra ficar mantida ou pra resolver, mas pode ser usada como nota de passagem) porque os modos interferem, obviamente, na sonoridade.

Outra coisa muito útil é pensar na escala sobre o acorde que tá tocando.

Quando tá tocando o acorde de Bm7, toca B menor (D maior)

Quanto tá tocando o acorde de Em7, toca E menor (G maior)

Quando tocar o acorde de F#m7, toca F# menor (A maior)

Muita bobagem falei??? :mrgreen:


Ter Mar 26, 2013 9:16 am
Perfil

Registrado em: Sex Jul 27, 2012 6:23 pm
Mensagens: 432
Mensagem Re: Estudo de música pela música
Siqueira escreveu:
Teu racionício sobre a penta maior de Ré numa base de Bm tá certo.
E pra este estudo de blues sobre acordes "alternativos" e abordagens além da tradicional pentatônica, encontrei bons vídeos do Robben Ford e do Scott Henderson (só não consigo mandar os links agora porque estou sem acesso ao Youtube). Mas é fácil de encontrar.

Sim, minha meta principal é uma sonoridade bem mais Robben Ford. Vibe bem mais soul e jazz.

leafaramil escreveu:
Partindo do princípio que a escala maior natural é igual à sua relativa menor e vice-versa, dá pra pensar assim sim (só não entendi o Si Bemol que você referiu na sexta linha do texto, acho que você quis dizer Si menor?).

Só cuida que na progressão I IV V em B menor, o Fá é sustenido, não normal (Você colocou na progressão o normal, logo abaixo colocou certo, quando descreveu a penta, colocando como sustenido).

Quando tocar C maior, pode pensar como A menor (e vice-versa)

Quanto tocar D maior, pode pensar B menor (e vice-versa)

E por aí vai...

Só tem de cuidar a nota inicial e final de cada lick sobre cada acorde (Por exemplo, no acorde IV, determinada nota da escala não "cai bem" - digamos assim - pra ficar mantida ou pra resolver, mas pode ser usada como nota de passagem) porque os modos interferem, obviamente, na sonoridade.

Outra coisa muito útil é pensar na escala sobre o acorde que tá tocando.

Quando tá tocando o acorde de Bm7, toca B menor (D maior)

Quanto tá tocando o acorde de Em7, toca E menor (G maior)

Quando tocar o acorde de F#m7, toca F# menor (A maior)

Muita bobagem falei??? :mrgreen:

Sim, Fá sustenido.
Sim, Si menor. Troquei as bolas.
shusahuashuashuas
Valeu pelos toques.

A abordagem de usar uma tonalidade de escala em relação a cada acorde sendo tocado parece ser mais interessante do que me prender somente a uma escala e sua relativa.
Vou incluir isso nos estudos, deve abrir mais possibilidades do que a abordagem mais "simples".


Ter Mar 26, 2013 9:54 am
Perfil

Registrado em: Seg Out 12, 2009 9:23 pm
Mensagens: 758
Localização: Litoral - SP
Medals: 1
Positivo (1)
Mensagem Re: Estudo de música pela música
Pra sonoridade mais "Robben Ford" adicione intervalos nas pentas (mas relativos aos acordes), por ex. 6a, 9a...

Isso dá um "sabor" diferente, pra fraseado ele pensa mais nos acordes que estão sendo tocados. Essa é a abordagem do Tomo Fujita (http://www.youtube.com/watch?v=7Bw_YHg4V2w e outros do canal dele) mas o Robben Ford usa isso de forma mais complexa, adicionando intervalos relativos aos acordes que estão sendo tocados. Existe uma série de aulas dele da True Fire que vale a pena comprar (acho que paguei uns $60 com 2 coupons de desconto), mudou da água pro vinho meu fraseado e se não fosse isso teria desistido de aprender. Se inglês não for problema vale a pena.

_________________
Meu sempre humilde set


Ter Mar 26, 2013 11:40 am
Perfil

Registrado em: Sex Jul 27, 2012 6:23 pm
Mensagens: 432
Mensagem Re: Estudo de música pela música
Valeu, vou começar primeiro me acostumando com a idéia de usar a escala relativa ao acorde, conforme for me familiarizando vou dando outros passos. Cada coisa no seu tempo, senão fica coisa demais e acaba acontecendo como sempre, fico cheio de coisas, não sei pra onde ir e como usar e abandono tudo.
O caminho correto então seria basicamente depois de entender esse esquema das pentatonicas, dar uma "jazzeada" na base da música usando acordes com 6ª e afins e aplicar isso nas pentatônicas adicionando os intervalos?
Vou anotando essas coisas pra usar como direção a longo prazo.

Edit: Vi que eu tinha esquecido de colocar o nome da música no primeiro post. A música em Bm que estou estudando é The Thrill is Gone.


Ter Mar 26, 2013 12:18 pm
Perfil
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 6 mensagens ] 


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB © phpBB Group.
Designed by Vjacheslav Trushkin for Free Forums/DivisionCore.
Traduzido por: Suporte phpBB